sábado, 12 de março de 2011

Curso inédito de primeiros socorros em bovinos acontece em Mimoso do Sul

Novidade no Espírito Santo, o curso de primeiros socorros em bovinos realizado pelo Instituto de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), orientou os produtores de leite sobre como agir no caso de intoxicação alimentar do animal e também no caso de o animal sofrer algum tipo de fratura nos membros.

O curso promovido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Sindicato Rural, aconteceu na comunidade de São Pedro do Itabapoana, em Mimoso do Sul.

Os produtores vão aprender técnicas de imobilização do membro fraturado do animal, de como proceder em caso de um parto com complicações e também aliviar dor do animal que esteja sofrendo de intoxicação, até que um veterinário possa atender o produtor.

"No pasto podem existir algumas ervas que são tóxicas para o rebanho, e para o produtor não perder o animal é importante que receba noções de primeiros socorros e saiba como proceder nesses casos de urgência", afirma o extensionista do Incaper, José Nilo Alves.

A atividade pecuária no município de Mimoso do Sul envolve, aproximadamente, 58 mil cabeças de gado, sendo que cerca de 35 mil são para a produção leiteira que é a atividade mais importante para a região e cerca de 23 mil para a indústria de corte.

A pecuária leiteira é a maior atividade no município e produz em média 40 mil litros por dia. Sendo assim, em um ano a produção de leite em Mimoso do Sul ultrapassa os 14 milhões de litros, envolvendo cerca de 250 produtores na região.

Siga no Twitter@ramonbarros


Nenhum comentário:

Postar um comentário